Cachorro na praia: devo ou não levar?

Com as altas temperaturas, muitas pessoas optam por viajar às cidades litorâneas nos finais de semana e feriados. No carro vão as crianças, os amigos, a família e, é claro, nossos fiéis companheiros – os animais de estimação.

caes-praia-_tonicmedia_via_VisualHunt-768x576

Mas será que levar seu cachorro à praia é adequado? Bem, muitos médicos veterinários não veem nenhum problema em levar os cães nas viagens, porém é preciso saber que a praia esconde grandes riscos para a saúde dos nossos amigos.

Primeiramente, você deve fazer uma pesquisa antes de viajar, pois em algumas cidades é proibido levar cachorros até a areia. Isso porque, apesar de todos os cuidados que você tem com seu animal, os cães podem transmitir doenças aos seres humanos.

caes-praia-_Eustaquio_Santimano_via_Visual_Hunt

Além disso, esse tipo de ambiente pode trazer males aos animais, como a exposição à doença do verme do coração, que é transmitida por mosquitos que são encontrados com maior frequência no litoral. O contato com a areia também pode causar uma série de problemas, pois eles ficam expostos às fezes de outros animais. O contato constante com a água do mar também aumenta as chances de o pet ter algum problema no ouvido, como inflamações.

Portanto, é indicado passear com os cães em ambientes que não coloquem sua saúde em risco, como os calçadões da praia em horários em que a temperatura esteja mais amena ou em outros lugares longe da areia e da água do mar.

Por se tratar de cidades muito quentes, lembre-se também de deixar o pet sempre em um lugar fresco e com bastante água à disposição e não saia de casa se ele não estiver com todas as vacinas, vermífugos e anti-pulgas em dia.

Para evitar qualquer problema, converse com o médico veterinário do seu cão antes de viajar e saiba quais vacinas ajudam a prevenir doenças.

Com informações da Época e Estimação