The Dogist: americano faz sucesso com lindas fotos de cães

Elias Weiss Friedman criou um documentário sobre a beleza dos cães, com fotos feitas em mais de 30 cidades do mundo. The Dogist tem milhões de seguidores

The-Dogist-Autofocus-4

Cachorros são personagens de milhares de fotos postadas todos os dias nas redes sociais. Mas poucos trabalhos se assemelham na qualidade do The Dogist, um documentário criado em 2013 pelo fotógrafo Elias Weiss Friedman, que já retratou cães em mais de 30 cidades do mundo.

O diferencial são as fotos no mesmo ângulo do animal, contra as imagens feitas de cima para baixo. O resultado são retratos com muita personalidade, revelando as belezas de cada cachorro e sua raça.

The-Dogist-Autofocus-3

“Eu uso joelheiras sob minhas calças, que me faz ficar confortável e a ao mesmo nível deles”, conta Elias Weiss em entrevista ao blog do Instagram. “Sempre estou procurando. algo que se destaca: um corte de cabelo engraçado ou uma raça rara”, descreve o fotógrafo, que utiliza uma Nikon D750 e um kit de lentes prime 24, 35, 58, 85mm, todas F1.4. Também faz parte do seu equipamento, biscoitos, ossos e brinquedos para chamara atenção dos bichos.

As primeiras fotos foram feitas em outubro de Nova York. Friedman lançou canais noFacebook, Instagram e Twitter e com o crescimento de seguidores, expandiu o trabalho para outros lugares. Em 2015, viajou por mais de 30 cidades dos Estados Unidos, além de Londres, China, Taiwan, Croácia, Noruega, Itália e França.

The-Dogist-Autofocus1

No Facebook, The Dogist tem quase 100 mil curtidas. Mas a principal fonte de acesso está no Instagram. O fotógrafo tem nada menos que 1,9 milhão de seguidores com as fotos de cães fotos.

O projeto virou um livro, com centenas de fotos de cachorros, em diferentes cenários. A publicação de 304 páginas está disponível em livrarias nos Estados Unidos, com preço médio de US$17.

Você pode ficar por dentro das novidades da fotografia nas contas oficiais do Facebook,Twitter e Instagram.